Nome de Jobs consta em 141 novas patentes desde sua morte

São Paulo – Steve Jobs, co-fundador e ex-CEO da Apple, faleceu em 2011 em decorrência de um câncer no pâncreas. Desde então, Jobs ganhou o direito a 141 patentes.

A observação foi feita pela revista Technology Review, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). Steve Jobs tem, ao todo, 458 patentes registradas em seu nome. Muitas delas, portanto, foram aprovadas depois de sua morte.

A primeira patente na qual consta o nome de Jobs é de novembro de 1983. Ela se chama simplesmente “Computador pessoal”. A mais recente é “Dispositivo eletrônico portátil com cabo de aterramento”, que ele divide com 21 outras pessoas, em nome da Apple.

O campo de patentes de Jobs é muito amplo. Outra recente se trata de uma construção de metal e vidros em forma de cubo. Na prática, a patente se transformou na entrada da Apple Store da Quinta Avenida, em Nova York.

O nome de Jobs também aparece em uma patente de um iate gigante, de 80 metros.

Apesar do grande número de patentes, um especialista na área disse à Technology Review que o fato não faz, automaticamente, de Jobs um dos maiores inventores da história. Para o especialista Florian Mueller, Jobs seria um dos maiores, desde que o termo inventor fosse pensado de forma ampla.

“Estou convencido que se grandes inventores americanos como Edison, Bell e Whitney olhassem para as conquistas e contribuições de Steve Jobs, eles sem dúvidas respeitariam Jobs pelo que ele fez, mas não considerariam Jobs como um deles”, explica Mueller.

fonte

http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/nome-de-jobs-consta-em-141-novas-patentes-desde-sua-morte