INPI concede registro da marca coletiva para produtores de flores de Nova Friburgo (RJ)

Há quase quatro anos, a cidade de Nova Friburgo foi seriamente atingida por uma enchente que deixou um rastro de destruição na Região Serrana do Rio de Janeiro. Mas, com o esforço dos moradores locais e a parceria com agentes públicos, uma nova realidade começa a florescer.

E, por falar em flores, o INPI oficializou nesta terça-feira, 23 de dezembro de 2014, a concessão do registro da marca coletiva Afloralta para a Associação dos Agricultores Familiares e Amigos da Comunidade de Vargem Alta. Este é mais um resultado das ações voltadas à reconstrução e desenvolvimento da região.

Apenas 17 produtores da região que cultivam flores de corte, como rosas, gérberas e crisântemos, estão autorizados a usar a marca. Para manter a qualidade dos produtos, todos devem seguir regras estabelecidas no regulamento de utilização. De acordo com dados da Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária, Nova Friburgo concentra a metade de toda a área cultivada na Região Serrana, que é a maior produtora do estado.

Com a Afloralta, agora existem 154 marcas coletivas registradas no INPI. Vale lembrar que Nova Friburgo tem outra marca coletiva, a Amorango, para produtores locais de morango.

fonte

http://www.inpi.gov.br/portal/artigo/inpi_concede_registro_da_marca_coletiva_para_produtores_de_flores_de_nova_friburgo_rj