Hyundai muda promoção para Copa após questionamento da CBF

A Hyundai decidiu mudar a promoção que anunciava 1 ano a mais aos 5 anos de garantia da montadora para os veículos novos adquiridos até o final da Copa do Mundo no caso de o Brasil conquistar o hexa. Agora, a garantia promocional de 6 anos valerá independentemente de qual for o desempenho do Brasil na competição.

Segundo a empresa, a mudança foi decidida após a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) questionar a vinculação da promoção ao desempenho da seleção brasileira.

“Nossa real intenção com a promoção era motivar e engajar os fãs brasileiros com a Copa do Mundo de 2014, condição que permanece inalterada. Entretanto, a CBF questionou a vinculação com o desempenho da Seleção Brasileira. Após analisar o pedido da entidade, a Hyundai optou por desvincular a promoção do resultado do torneio”, explicou a Hyundai, em resposta a questionamento feitos pelo G1.

A Hyundai é uma das patrocinadoras oficiais da Copa e da Fifa. A montadora que patrocina a seleção brasileira, porém, é a Volkswagen.

Procurada pelo G1, a CBF informou por meio da sua assessoria de imprensa que solicitou a retirada da promoção uma vez que a publicidade da Hyundai “atingia os interesses da CBF e as suas propriedades”, mas que se tratou de uma “carta gentil”, sem envolver qualquer questão jurídica.

A promoção foi lançada apenas no Brasil há cerca de um mês e contou com propaganda na TV aberta.

Segundo a empresa, apesar do questionamento feito pela CBF, não houve reação negativa por parte dos clientes. “A resposta do público foi extremamente positiva. Por isso, a mudança preservou a essência original da promoção: a extensão do período de garantia, oferecida para carros adquiridos entre 1º de janeiro e 13 de julho. A diferença agora é que a extensão da garantia de cinco para seis anos não depende do resultado da Copa do Mundo, o que beneficia ainda mais o consumidor”, disse a Hyundai.

A montadora informou que os clientes que já compraram veículos da marca desde 1º de janeiro “também passam a contar, incondicionalmente”, com a extensão da garantia.

fonte

http://g1.globo.com/economia/midia-e-marketing/noticia/2014/03/hyundai-muda-promocao-para-copa-apos-questionamento-da-cbf.html