Apple patenteia método para conseguir imagens de alta resolução com o iPhone

Essa saiu no Dpreview, que por sua vez pegou no Apple Insider, que descobriu o registro de uma patente interessante, voltada para a área de fotografia que poderá, ou não, ser aplicada nas próximas gerações de iPhones. A Apple pretende utilizar o sistema de estabilização de imagem do sensor para criar uma imagem de grande resolução nos smartphones. O que acontece atualmente é que a resolução destas imagens está ligada ao número de pixels do sensor. Como as imagens feitas com smartphones se destinam basicamente ao compartilhamento via WEB, então não existem grandes necessidades de resolução para este segmento. Concordam? Bem, quase todo mundo concorda, mas a Nokia chegou chutando bundas com as resoluções gigantescas dos Lumia e mostrando que existem aplicações para isto, como a possibilidade de um zoom digital sem perda aparente de qualidade e criar arquivos de 5 Mp de altíssima qualidade. Então a Apple começou a correr atrás do prejuízo, pelo menos no papel.

O sistema patenteado vai continuar utilizando um sensor de “baixa” resolução. A mudança é que a câmera vai fazer várias fotos que serão mescladas pelo software do aparelho gerando uma única imagem de alta resolução. Isso acontece com a ajuda do sistema de estabilização de imagem que vai mover o sensor levemente em cada foto para que capte a imagem de ângulos diferentes, gerando novos pixels na hora da mesclagem. Isso vai funcionar? Não sei. Na teoria é possível, mas não há indicação de qual seria essa grande resolução e nem a duração do processo. Smartphones não possuem uma ergonomia que favorece a estabilidade, então o processo tem que ser muito rápido, para evitar imagens tremidas.

Infelizmente, para a Apple e todo mundo que achou a notícia bacana, eles não descobriram o fogo e nem inventaram a roda, pois maracutaias envolvendo o deslocamento do sensor não são novidades no mundo da fotografia. A Pentax já teve uma câmera reflex que podia fazer astrofotografia compensando a rotação da Terra com o movimento do sistema de estabilização de imagem do sensor (utilizando um sistema GPS proprietário acoplado). E a Hasselblad, em 2011, lançou a H4D-200MS, uma câmera com sensor de 50 megapixels que consegue chegar a 200 megapixels de resolução mesclando quatro fotos feitas em sequência com o deslocamento do sensor. Ou seja, nada de novo no front.

apple_super_resolução

fonte

http://meiobit.com/286757/apple-patenteia-metodo-para-conseguir-imagens-de-alta-resolucao-com-o-iphone/