A Origem dos Inventos – Donuts

Quem aprecia doces identifica facilmente o donut como um pequeno bolo em forma de rosca, feito de massa frita e com uma cobertura açucarada. O seu nome teve origem no termo inglês “doughnut” que traduzido significa precisamente rosca frita. O historiador Washington Irving empregou pela primeira vez esse termo no seu livro History of New York de 1809.

As teorias quanto à invenção deste tipo de bolo são controversas, dizendo a mais comum que teria nascido na Holanda no século XVI, feito por padeiros holandeses mas nessa altura ainda sem o buraco no meio, e levado para a América do Norte por colonos desse país.

Já a criação do primeiro donut com “buraco” é reclamada por um indivíduo de origem americana, Hanson Gregory, que afirmava ter sido ele o seu inventor em 1847, quando tinha apenas 16 anos de idade. Segundo o próprio, quando fazia uma viagem num navio, tinha feito um buraco no meio dum “dough”, (pequeno bolo feito de massa de cereais, farinha e água), com a ajuda de um frasco de pimenta do navio. Afirmou ter posteriormente ensinado a técnica à sua mãe que começou a fazer os seus “doughs” da mesma forma, os quais rapidamente ganharam grande aceitação pela comunidade. A criação do buraco no donut veio a tornar-se tão popular, nos Estados Unidos, que proporcionou a Gregory a honra de ter uma placa de bronze no lugar da sua casa natal, em Rockport, no estado americano do Maine.

O capitão Hanson Gregory

Em 1946, William Rosenberg produzia e vendia donuts de forma ambulante através da sua empresa Industrial Luncheon Services. O seu negócio consistia em fornecer esses bolos e café aos trabalhadores das fábricas ao redor da cidade de Boston.

O seu sucesso foi tal que que provocou uma alteração nos horários do lanche das empresas da região, que se ajustavam à hora da sua passagem. A fim de tornar o seu modo de consumo mais prático e rápido, lembrou-se de fornecer os donuts já cobertos de açúcar acompanhados por café simples, sem açucar. Perspicaz, Rosenberg, passou a servir o café em chávenas largas, nascendo assim o hábito de molhar o bolo no café antes de ser comido.

A satisfação dos clientes era tal que o convenceram a abrir uma loja. Como a procura era incessante começou aí a criação duma grande rede de lojas, primeiro com o nome de Open Kettle, em 1948, e mais tarde rebaptizada como Dunkin Donuts, em 1950.

Desde essa data até hoje, o pequeno bolo do “buraco” tem continuado a ser dos mais apreciados em todo o mundo.

Curiosidades:

– Hoje em dia já existem 52 variedades de donuts que vão desde o donut com recheio de baunilha e cobertura de chocolate até aos donuts com recheio de geleia.

– Nas Ilhas Baleares existem donuts diferentes para as também diferentes festas do ano, (Virgens, Todos os Santos, Emprestado, etc.), pelo que os seus ingredientes variam, podendo conter: batata ou batata-doce, Queijo Mahon, figos secos, abóbora, etc.

fonte

http://origemdascoisas.com/a-origem-do-donut/