A origem das marcas – Aperol

Um sabor rico. Uma hipnotizante e forte cor laranja. Misturado com prosecco, água com gás e gelo se tornou o drinque das ruas de Veneza. E presença constante em rodas de amigos e happy hours pelo mundo afora. Foi assim que a italiana APEROL se tornou uma das bebidas mais desejadas do mundo.
A história 
Tudo começou em 1912 quando os irmãos Barbieri, Luigi e Silvio, herdaram a pequena destilaria de seu pai, então localizada na cidade italiana de Padova, na região de Vêneto. Os irmãos desejavam criar um aperitivo refrescante e com baixo teor alcoólico e após sete anos de intensas pesquisas apresentaram a nova bebida em uma feira internacional da cidade. Batizado de APEROL (o próprio nome é uma referência à palavra apéro, uma forma casual de se pedir um aperitivo em francês), a nova bebida de cor laranja, sabor complexo, rico e levemente amargo, era feita de uma combinação perfeita de ervas amargas e doces e frutas cítricas (a receita original – secreta – permanece inalterada até hoje). Inicialmente divulgado para um público masculino, APEROL estava destinado a se tornar o queridinho da Itália. Era comercializado como um aperitivo leve, uma alternativa aos licores mais fortes da época, ideal para ser consumido antes das refeições e abrir o apetite. Em 1920, a marca investiu em suas primeiras propagandas: cartazes evocavam a personalidade da marca, com texto e imagens em laranja – a cor símbolo da marca – e uma mensagem sugerindo estilo e elegância dos locais onde era servido.
Embora APEROL inicialmente visasse os homens através de sua comunicação, a década de 1930 introduziu a bebida ao público feminino através de anúncios nos jornais de grande circulação do país. Esses anúncios destacavam o fato de que o consumo de APEROL era favorável para as mulheres, sendo referido como “Il liquore degli sportivi” (algo como “o licor escolhido para o indivíduo ativo”) devido ao seu baixo teor alcoólico (apenas 11%) e perfeito para momentos de convívio social e particularmente adequado para o público feminino. Devido a essa campanha APEROL apresentou um bom desempenho em um mercado dominado por bebidas com alto teor alcoólico, tornando-se uma das mais populares entre mulheres e jovens.
A popularidade da bebida entre os italianos iria aumentar no início da década de 1950, quando foi introduzido o spritz, um drinque que mistura prosecco, APEROL, um pouco de água com gás, gelo e uma rodela de laranja. Foi um marco na história da comunicação para a marca. Isto porque, principalmente na Itália, “Lo Spritz” se tornou frequentemente sinônimo de APEROL, happy hour ou aperitivo. Quando alguém pensa spritz, imediatamente associa com APEROL. A partir deste momento, spritz e happy hour tornaram-se temas predominantes na comunicação da marca. Uma curiosidade: reza a lenda que o spritz foi inventado no século XIX na região de Vêneto, durante o período da dominação austríaca. Como os soldados austríacos não gostavam do sabor dos vinhos do norte da Itália, altamente alcoólicos na época, pediam sempre um pouco de água para misturar – Spritzen (borrifar em alemão) – com o vinho. Hoje, são consumidos aproximadamente 300 mil Aperol Spritz somente na região de Vêneto todos os dias, segundo o Grupo Campari, atual proprietário da marca. Com isso, nos anos seguintes, APEROL se tornou o preferido dos italianos para compor a receita do spritz. Somente em 1995 a marca apresentou sua primeira variação de produto: APEROL SODA (uma bebida pronta para o consumo que mistura APEROL e club soda, com apenas 3% de teor alcoólico).
Em 2003, a história da marca começaria a mudar quando o tradicional Grupo Campari adquiriu o APEROL, até então praticamente desconhecido fora da Itália. Com o impulso da rede de distribuição do Grupo Campari o APEROL começaria a ganhar o mundo e conquistar milhões de fãs. Para isso, a empresa se concentrou no drinque Aperol Spritz para expandir a marca para novos mercados e se reaproximar de um público mais jovem. Foi o primeiro esforço para criar uma mania em torno do Aperol Spritz, bebida popular no nordeste da Itália há quase um século. Com o slogan “Crazy for life” (“Louco pela vida”), as campanhas da marca retratavam jovens brindando com o tradicional coquetel. E davam a receita do spritz: três partes de espumante, duas de APEROL e uma de água com gás. Para completar, gelo e uma fatia de laranja. E voilà! Ou melhor, prego!, como dizem os italianos, criadores do drinque. Com isso a marca conquistou primeiramente a Áustria, Alemanha e Suíça. A expansão continuou, e, em 2010, o drinque conquistou outras áreas do Mediterrâneo. Daí para Nova York foi um pulo. Além disso, a estratégia de promover festas (batizadas de APEROL SPRITZ SUMMER TOUR) também ajudou a popularizar a bebida na Europa. Ao mesmo tempo, a marca adotou outra tática: treinar bartenders em países como Alemanha, Austrália e até no Brasil (onde produto foi lançado em 2006). E a fama de APEROL se tornou ainda maior quando passou a ser apreciado por celebridades como o ator Robert De Niro.
O Aperol Spritz foi escolhido em 2011 pelo jornal The New York Times como a bebida do verão na Europa. Isso impulsionou ainda mais sua fama internacional. Ainda este ano a marca a resolveu expandir sua linha de produto com o lançamento do Aperol Spritz Home Edition, o tradicional drinque pronto para beber em pequenas garrafas, bastando adicionar uma fatia de laranja e um pouco de gelo. O investimento na marca foi tão grande, que no ano de 2012, a cidade de Milão ganhou um espaço dedicado ao aperitivo: o Terrazza Aperol, que tem uma aconchegante varanda de frente para a Duomo (catedral), o ponto turístico mais famoso da cidade. O lugar, além de oferecer deliciosos pratos e petiscos, vende mais de 350 doses do famoso drinque por dia. O sucesso da marca também pode ser explicado pela versatilidade da bebida: por lembrar um licor, o APEROL é bastante utilizado em receitas de sobremesas, compondo sorvetes, pudins, caldas, mousses, macarons, cupcakes e até picolés.
A evolução da garrafa 
A tradicional garrafa de APEROL evoluiu ao longo dos tempos. O atual design da garrafa, e também do rótulo, foi apresentado recentemente.

Os slogans 

Italy’s favourite light aperitif: zesty and refreshing. 
It starts with Aperol Spritz. (2017)
Crazy for life. (2013)
Spritz Life? Aperol Spritz! (2009) 
Happy Spritz, Happy Apero. (2005)
I Drink Aperol, What About You. (década de 1980)
Ah, Aperol. (década de 1960)
L’aperitivo degli sportivi. 
Il liquore degli sportivi. (década de 1930)
Dados corporativos 
● Origem: Itália 
● Lançamento: 1919 
● Criador: Luigi e Silvio Barbieri 
● Sede mundial: Milão, Itália 
● Proprietário da marca: Davide Campari-Milano S.p.A. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Robert Kunze-Concewitz 
● Faturamento: €200 milhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 80 países
● Presença no Brasil: Sim
● Segmento: Bebidas alcoólicas 
● Principais produtos: Vermutes 
● Concorrentes diretos: CinzanoMartiniCynarCampari, Select, Bitterol, Fernet-Brana e Carpano Punt e Mes
● Ícones: O aperitivo Aperol Spritz e a cor laranja da bebida 
● Slogan: Italy’s favourite light aperitif: zesty and refreshing. 
A marca no mundo
Atualmente APEROL, uma das marcas mais importantes do Grupo Campari, é comercializado em mais de 80 países ao redor do mundo, tendo como principais mercados, além da Itália, Alemanha, Áustria, França, Suíça, Bélgica e Reino Unido. Com faturamento anual estimado em €200 milhões, no ano de 2017 foram vendidas 4 milhões de caixas (9 litros) em todo o mundo.
Você sabia? 
● A receita secreta – em volume e concentrações específicas – é composta por mais de trinta ingredientes, incluindo laranjas, raízes, ervas, baunilha e ruibarbo, o que dá amargor a bebida.
● Em junho de 2014, milhares de pessoas se reuniram na tradicional Piazza San Marco, localizada em Veneza, para realizar o maior brinde de APEROL do mundo
fonte