26 Produtos de cozinha brilhantes que você definitivamente precisa na sua vida

São invenções no mínimo geniais e que oferecem mais praticidade na hora de preparar algum prato, por exemplo. Confira!

1 – Abacate sem preguiça!

produtos-brilhantes-1produtos-brilhantes-1.1 produtos-brilhantes-1.2 Amazon

2 – Forno para pizza (Eu quero!!)

produtos-brilhantes-2Amazon

3 – Faca de pão

produtos-brilhantes-3

4 – Para caramelizar e comer maçã como quiser! Huuuum!

produtos-brilhantes-4Amazon

5 – Fazer Pretzel nunca foi tão simples

produtos-brilhantes-5Amazon

6 – Tacos também!

produtos-brilhantes-6Nostalgia Electrics

7 – Evite a bagunça na hora de separar a gema

produtos-brilhantes-7

8 – Esse prato é bem prático

produtos-brilhantes-8

9 – Pipoqueira diferente e criativa

produtos-brilhantes-9

10 – Genial!

produtos-brilhantes-10

11 – Não, isso não é um amplificador

produtos-brilhantes-11 produtos-brilhantes-11.1
Amazon

12 – Que tal poder sair de perto da churrasqueira e ser avisado quando a carne estiver no ponto?

produtos-brilhantes-12produtos-brilhantes-12Amazon

13 – Smoothie a qualquer hora

produtos-brilhantes-13

Hammacher

acompanhe-nos

14 – Com essa ideia genial fica muito mais fácil fazer cupcakes sem preguiça

produtos-brilhantes-14Amazon

15 – Mantenha o salgadinho e outros produtos crocantes e frescos com essa tampa

produtos-brilhantes-15Amazon

16 – Com esse produto você não precisará picar ervas

produtos-brilhantes-16Amazon

17 –  Prático, não?

produtos-brilhantes-17Amazon

18 – Que genial! (Eu quero!)

produtos-brilhantes-18Amazon

19 – Concha de sopa muita criativa

produtos-brilhantes-19produtos-brilhantes-19.1

20 – Tampa de panela no formato de navio a vapor

produtos-brilhantes-20

21 – Um guerreiro guarda-facas

produtos-brilhantes-21

22 – Decorar massas nunca foi tão simples

produtos-brilhantes-22

23 – Essa tábua com certeza é diferente de tudo que você já viu

produtos-brilhantes-23

24 – Pegador de gelo com mãozinhas

produtos-brilhantes-24

25 – Esse separador de gema é simplesmente nojento genial

produtos-brilhantes-25

26 – Um jeito diferente de consumir ovos

produtos-brilhantes-26produtos-brilhantes-26.1

fonte

http://www.tudointeressante.com.br/2015/04/26-produtos-de-cozinha-brilhantes-que-voce-definitivamente-precisa-na-sua-vida.html

17 Invenções interessantes que deixarão sua cozinha prática e perfeita

Quanto mais praticidade sua cozinha oferece, mais perfeita ela parece ser, não é mesmo? E se você acha que não há muitos produtos por aí que podem facilitar seu dia a dia ou deixá-lo mais divertido, a boa notícia é que existe sim e é possível encontrá-los bem aqui!

Vale a pena conferir essas invenções interessantes, que deixarão o ambiente mais alegre e simplificarão algumas tarefas na cozinha. E o mais bacana é que esses produtos podem ser encontrados em nossa loja, basta clicar sobre a imagem!

1 – Vamos começar pela decoração. Que tal deixar o ambiente mais descontraído?

cozinha-prática-perfeita-1.1

2 – Assento de Panela Hot Man

Surpreenda e anime seus convidados com esse divertido assento de panela.

cozinha-prática-perfeita-8

3 – Triturador de alho

Que tal um toque de praticidade no preparo de seus pratos?

cozinha-prática-perfeita-3

4 – Separador de clara e gema

Separar a clara da gema nunca foi tão fácil.

cozinha-prática-perfeita-4

5 – Pote de sorvete

Potinho que imita casquinha de sorvete. As crianças vão adorar!

cozinha-prática-perfeita-5

6 – Tábua para corte ajustável

Essa tábua se ajusta ao tamanho da sua pia!

cozinha-prática-perfeita-6

7 – Extrator de caule para morango e tomate

Remova as folhas do morango ou do tomate com praticidade.

cozinha-prática-perfeita-7 cozinha-prática-perfeita-7.1

8 – Citrus Spray

Esse utensílio converte o limão ou outras frutas cítricas em um spray para jogar nas comidas.

cozinha-prática-perfeita-9.1

cozinha-prática-perfeita-9

9 – Colher medidora digital

Maior precisão na hora de fazer suas receitas! Meça os temperos digitalmente.

cozinha-prática-perfeita-10

10 – Colher Pastasaurus

Fantástico pegador de massa em formato de um dinossauro e inovar na cozinha.

cozinha-prática-perfeita-11

11 – Cortador de maçã

Quer maior praticidade na hora de cortar uma maçã?

cozinha-prática-perfeita-12

12 – Dispenser Medidor Óleo/Vinagre

Com esse dispenser você evita o desperdício, além de dar um toque especial.

cozinha-prática-perfeita-13

cozinha-prática-perfeita-13.1

13 – Forma para ovo

Criatividade até no ovo frito!

cozinha-prática-perfeita-14.1

cozinha-prática-perfeita-14

14 – Dispenser Bebida – Gas Station

Encha o tanque em grande estilo. Esse dispenser de bebidas é perfeito para suas festas.

cozinha-prática-perfeita-15

15 – Mini jarra vaquinha

Acrescentando às suas manhãs um pouco mais de diversão sem esquecer da utilidade.

cozinha-prática-perfeita-16

16 – Mini geladeira USB

Você poderá saborear sua bebida na temperatura certa mesmo enquanto trabalha no seu computador.

cozinha-prática-perfeita-17

17 – Molde para pão de forma

Seus lanches ficarão bem mais divertidos! As crianças serão as primeiras a aprovar a ideia.

cozinha-prática-perfeita-18

fonte

http://www.tudointeressante.com.br/2015/03/17-invencoes-interessantes-que-deixarao-sua-cozinha-pratica-e-perfeita.html

A Origem das Marcas – China In Box

Perfil empreendedor

Uma das maneiras mais interessantes de analisar experiências e manter-se motivado para suas metas empreendedoras é conhecer o perfil empreendedor de quem deu certo, analisando não apenas as dificuldades pelas quais um determinado empresário passou, mas também suas estratégias de superação.

Pensando nisso, você já conhece a história de Robinson Shiba, do China In Box? Descubra agora!

As dificuldades iniciais

Robinson Shiba era estudante de Odontologia no Brasil quando viajou com amigos para os Estados Unidos, onde tinha o intuito de ficar pelo período de um ano e aprimorar seu inglês. Só que no meio desta temporada, o jovem foi assaltado e perdeu todo o dinheiro que guardava em sua doleira — uma espécie de bolsa delgada, que é escondida sob a calça ou camisa, bem junto ao corpo do usuário. Passando por apertos financeiros, Shiba não desistiu de sua aventura e dos estudos, e passou a trabalhar na cozinha de alguns restaurantes como lavador de pratos e, mais tarde, como entregador de pizzas e outros alimentos de fast food, para se sustentar no país.

O espírito empreendedor acionado

O ano era 1986, e foi quando Shiba percebeu as vantagens do consumo de comida pronta nos Estados Unidos. Ele analisou bem a situação, e seu espírito empreendedor foi acionado, de modo que visualizou a atividade como uma tendência que em breve chegaria ao Brasil e ele poderia participar desta iniciativa até então inovadora por aqui. Enquanto permanecia nos Estados Unidos, passou a estudar os modelos de fast food com delivery que deram certo, desde a produção até a entrega, e como poderia fazer melhorias.

A ideia para um novo negócio

Quando Shiba retornou ao Brasil, em 1988, já havia pensado na ideia de adaptar o modelo para entregar comida chinesa em caixinhas, mas passou ainda mais quatro anos estudando e pesquisando maneiras de aprimorar o negócio, até abrir a primeira unidade do China in Box no bairro de Moema, na Zona Sul da capital paulista. A total confiança no negócio fez com que o pai do empresário vendesse um apartamento por um terço do preço, a fim de levantar capital para investir na marca. Uma das melhorias que Shiba implementou está relacionada à certeza que os clientes poderão ter em relação à higiene da cozinha e dos alimentos, um problema que o empresário identificou quando trabalhou fora do país. Por isso, as cozinhas das unidades China in Box ficam à mostra para os consumidores, separadas da área de atendimento apenas por um vidro, através do qual as pessoas podem ver todo o processo de preparo e manuseio do que será servido.

A transformação do negócio em franquia

O pequeno negócio em Moema deu tão certo que não tardaram os pedidos para transformar a empresa em rede de franquias. E os pedidos cresciam cada vez mais, acompanhando o êxito que a China in Box paulistana conquistava. Após uma consultoria, Shiba aderiu ao modelo de franchising em 2000 e expandiu a rede em uma velocidade impressionante. Mais tarde, Shiba tornou-se sócio de um restaurante japonês, o Gendai, que também passou a abrir unidades em vários estados brasileiros. Desde 2007, ambas as marcas foram incorporadas ao grupo Trendfoods, do qual Shiba é presidente, e que controla também o restaurante Owan, que é especializado em comida oriental (chinesa, japonesa e tailandesa), e a rede de restaurantes dedicados à culinária italiana Brevitá — que aproveita o sistema de delivery em embalagens plásticas reutilizáveis, que podem ser levadas ao freezer e ao forno micro-ondas.

Vinte e quatro anos depois de lavar pratos e entregar pizzas nos Estados Unidos, Shiba tornou-se dono da maior rede de fast food chinês atuante na América Latina, possuindo 160 lojas franqueadas, com uma marca presente em mais de 70 cidades brasileiras, distribuídas em 22 estados.

fonte

https://www.asaas.com/blog/perfil-empreendedor-robinson-shiba-do-china-in-box/

Brasil e Suécia anunciam programa de transferência de tecnologia aeroespacial

Brasil e Suécia firmaram convênio para transferência de tecnologia aeroespacial nesta terça-feira (31). O anúncio foi feito pelo presidente dos Conselhos de Administração da SAAB, Marcus Wallenberg, após reunião com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.

Wallemberg anunciou a transferência de tecnologia após reunião com a presidenta Dilma. Foto: Renan Carvalhais - Gabinete Digital/PR.

O convênio é resultado do acordo fechado entre Brasil e Suécia pela compra de 36 caças militares Gripen da empresa sueca SAAB AB, anunciado em outubro do ano passado. Segundo Walllenberg, a previsão é que até 2019 a primeira das aeronaves contratadas pelo governo brasileiro já esteja em operação.

“O mais importante dessa audiência com a presidenta Dilma foi justamente o nosso acordo consensual em torno da possibilidade concreta do projeto FX2, do caça sueco, de modo a envolver a participação da indústria brasileira nesse projeto e assegurar transferência tecnológica, efetivamente, à indústria aeroespacial brasileira”, afirmou o executivo em entrevista coletiva.

Dentre as ações do programa de transferência tecnológica estão o estabelecimento, a partir de 2015, de um grupo de professores suecos no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos.  Além da criação de curso de pós-doutorado em Engenharia Aeronáutica financiado pela SAAB e pelo governo sueco, também no ITA.

A iniciativa inclui ainda o apoio para estada de doutores suecos no Brasil e concessão de bolsas de mestrado e doutorado para cientistas brasileiros, no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras. Além disso, a cooperação pretende atingir futuramente áreas como energia sustentável, tecnologia ambiental, defesa, segurança, transporte e desenvolvimento urbano.

 

fonte

http://blog.planalto.gov.br/brasil-e-suecia-anunciam-programa-de-transferencia-de-tecnologia-aeroespacial/

Depois da febre, paleterias mexicanas passam por teste de sobrevivência

Depois de as paleterias mexicanas terem virado febre, em 2014, há quem aposte que a moda dos picolés de 120 gramas vai começar a derreter no inverno deste ano.

O consultor Marcus Rizzo, especializado no setor de franquias, é um dos que veem esse fim próximo.

Para ele, muitas franqueadoras estão vendendo o modelo sem ter experiência suficiente para enfrentar momentos de baixas nas vendas.

Rizzo diz ainda que o gasto médio de quem compra a paleta é baixo (cerca de R$ 6 por unidade) em relação ao investimento que é feito para abrir uma unidade (a partir de R$ 210 mil, no caso da Los Paleteros, e R$ 118 mil, na Palecolé). O negócio só dá lucro com muito movimento, diz.

FÔLEGO
Outros especialistas ouvidos pela Folha são menos pessimistas quanto ao futuro das paletas, mas concordam que o setor passará por uma filtragem em que restarão somente as melhores empresas.

Para Paulo Ancona Lopez, diretor da consultoria Vecchi Ancona, toda novidade passa por uma baixa. A questão é saber se o tempo da febre será suficiente para que o investidor no setor tenha lucro.

Gean Chu, 25, dono da Los Paleteros, abriu a primeira unidade em Balneário Camburiú (SC) no fim de 2013. Hoje a rede tem 75 lojas.

Ele diz ter conversado com franqueados sobre as chances de o movimento diminuir assim que o produto não fosse mais novidade. Mas não foi o que aconteceu.

A venda média por unidade cresceu 4,9% se comparados o verão de 2014 e o atual.

A rede faturou R$ 70 milhões em 2014 e investiu seu lucro na operação, segundo Chu. Ele prevê dobrar o número de unidades em 2015.

Outras paleterias de crescimento acelerado foram a Helado Monterrey e a Palecolé, com 55 e 32 unidades vendidas, respectivamente.

Também há quem esteja começando a buscar franqueados, como Audrey Galeti, 32, que abriu a Los Ticos há um ano em São Paulo.

Uma das estratégias da empresa é manter a produção dos sorvetes artesanal, reduzindo custos com transporte e facilitando a logística e abastecimento das lojas, diz.

A companhia tem cinco unidades próprias e espera abrir dez franquias em 2015. O investimento para entrar na rede é de R$ 400 mil. “A paleta não é nada mais do que um ressurgimento do picolé, muito bem-feito. E, se é gostosa para o consumidor, não vai morrer.”

fonte

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/03/1599994-depois-da-febre-paleteria-mexicana-passa-por-teste-de-sobrevivencia.shtml

‘Revolução’ no Amazonas: só em 2015, Inpa registra 6 pedidos de patentes

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) começou 2015 com seis pedidos de depósito de patentes junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). Os pedidos são resultados de quatro pesquisas nos campos da nutrição, tecnologia e engenharia de alimento, além de uma invenção que está relacionada às áreas das engenharias civil e de materiais, e uma outra tecnologia associada aos setores da farmácia, medicina e fitoquímica.
O Inpa informou ainda que, ao todo, tem 71 pedidos de depósitos de patentes, totalizando 175 produtos e processos registrados. O instituto conta com um portfólio de ofertas tecnológicas à disposição de empresários com interesse em produzi-las industrialmente.
Segundo o Inpa, o processo de depósito de patente é rápido de ser realizado. O instituto garante ainda que a pesquisa possibilita a caracterização da inovação que elas proporcionam.
Entre os novos pedidos de patentes requeridos pelo Inpa está uma invenção para uso na construção civil. Trata-se de uma viga compósita combinada com duas camadas de materiais diferentes. A finalidade desse material é fornecer soluções construtivas de grande flexibilidade de aplicação, aliada a vantagens como a redução de vibrações, maior estabilidade e elevada ação compósita. A configuração da viga compósita proporciona o aumento da resistência mecânica com menor quantidade de conectores, promovendo, assim, maior economia ao sistema.
Outro pedido é para uma composição alimentícia funcional à base do extrato de uma planta que confere ao produto final propriedades farmacológicas com capacidade de prevenção ou tratamento da úlcera gástrica e da constipação estomacal. O rol de pedidos tem ainda um lanche saudável produzido à base de frutos da Amazônia, um cereal matinal e um iogurte funcional – este, elaborado a partir de um vegetal com potencial antioxidante e atividade anti-inflamatória.
Além destas tecnologias, também foi produzida pelos pesquisadores do Inpa uma invenção à base de uma planta para fabricação de um composto com funções antimicrobiana para o tratamento da tuberculose.

fonte

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2015/01/no-am-inpa-registra-6-pedidos-de-deposito-de-patentes-no-inicio-de-2015.html